Aparecida

A terra sagrada da romaria, destino de diversos roteiros turísticos por bike, cavalo, moto, carro ou mesmo a pé, um desafio imperdível!

Localizada no Vale do Paraíba, a meio caminho das duas maiores metrópoles do país, São Paulo e Rio de Janeiro, é cortada pela mais importante rodovia brasileira, a Via Dutra. Destaque no cenário turístico do Brasil, Aparecida é conhecida como “Capital Mariana da Fé” e recebe anualmente mais de onze milhões de visitantes, se constituindo no maior centro de peregrinação religiosa da América Latina. O desafio de ir de bicicleta com a Pediverde parte de Mogi das Cruzes e pode acontecer entre 140 e 250 km de percurso, por rodovia ou por estradinhas locais.

A história da cidade de Aparecida está ligada à Padroeira. Preocupados em providenciar o jantar para o poderoso Conde de Assumar, de passagem pela Vila de Guaratinguetá, a caminho de Vila Rica (atual Ouro Preto), onde iria assumir o cargo de Governador da Capitania das Minas Gerais, três pescadores retiraram com suas redes, do Rio Paraíba do Sul, uma imagem de Nossa Senhora da Conceição. A imagem ficou abrigada durante anos na casa de um dos pescadores, até que, em 1745, foi construída uma capela no Morro dos Coqueiros. Os frequentes relatos de milagres atribuídos à Santa fizeram com que se originasse uma freguesia de Guaratinguetá, batizada de Aparecida.

Devido à intensa peregrinação de fiéis, a capela foi ampliada e, em 1888, Nossa Senhora Aparecida e a Vila de Aparecida ganharam uma igreja maior, conhecida hoje como Basílica Velha ou Matriz Basílica. Em 1928, a Terra da Padroeira finalmente conseguiu sua emancipação de Guaratinguetá, e em 1955, foi construído o Santuário Nacional, segunda maior basílica e maior santuário mariano do mundo.

  • de 138 a 250 km
  • 1 a 2 dias

O que levar

Itens Obrigatórios

- Capacete

- Bicicleta Revisada

Opcional

- Muita água

- Óculos escuros

- Luvas ajudam a não doer as mãos

- Capa de chuva

- Comidinhas para durante o trajeto, há longos trechos sem abastecimento

- Protetor Solar será seu melhor amigo

- Chinelinhos após o pedal são um presentão para os pés!

Dicas Úteis

Veja só quantos pontos turísticos é possível visitar na cidade:

 

Santuário Nacional – Segunda maior basílica e maior santuário mariano do mundo, a igreja foi construída em 1955, em estilo neoclássico, para abrigar a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Matriz Basílica – Marco religioso da cidade, a igreja, construída em 1745, em estilo barroco foi a primeira a abrigar a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Passa por um minucioso processo de restauração que está lhe devolvendo suas características originais. É um dos monumentos mais visitados de Aparecida e considerado um símbolo de fé pelos devotos.

Morro do Cruzeiro – Ponto de peregrinação do município, marcado por esculturas que representam as estações da Via Sacra. Um dos mais belos atrativos da cidade, de onde se tem uma magnífica vista do Santuário Nacional.

Porto Itaguaçu – O local marca o ponto, no Rio Paraíba do Sul, onde a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada em 1717. O visitante pode ainda fazer um passeio de barco pelo rio.

Teleférico – Liga a parte baixa onde está localizado o Santuário Nacional à parte alta onde está localizada a Basílica Velha e vice versa.

Memorial Redentorista e Padre Vítor Coelho – Criado em 1910, o Memorial Redentorista resgata a história desta importante missão de fé, abrigando um museu, a Capela Memorial Redentorista e a Capela em homenagem ao Padre Vítor, conhecido como Apóstolo do Rádio, cujo processo de beatificação encontra-se em andamento.

Mirante das Pedras – Localiza-se no caminho do Porto Itaguaçu, o local possibilita a contemplação da várzea onde corre o Rio Paraíba e a Serra da Mantiqueira. O local tem como atração principal a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, medindo 1,80 m de altura.

Aquário – Com diversos tanques com espécies tanto de água doce quanto salgada, o aquário conta inclusive com uma piscina de tubarões que podem ser tocados pelos visitantes.

Igreja de São Benedito – Palco de uma das mais tradicionais festas religiosas do Vale do Paraíba, a igreja em homenagem ao padroeiro da cidade é também um centro de manifestações folclóricas e históricas. O templo foi construído em 1918 e é decorado com anjos esculpidos pelo artista Chico Santeiro.

Seminário Bom Jesus – Criado para ser um grande centro de formação religiosa, o Santuário Bom Jesus ganhou destaque como atrativo turístico após hospedar Madre Paulina e os papas João Paulo II e Bento XVI. O magnífico edifício, erguido em 1895 em estilo.

Igreja de São Geraldo – Localizada na entrada do Porto Itaguaçu foi construída em 1926 e abrigou a imagem de Nossa Senhora Aparecida por muitos anos.

Centro de Apoio ao Romeiro – Foi projetado para oferecer comodidade e conforto às compras e lazer dos romeiros, possui uma grande praça de alimentação e mais 380 lojas, onde se podem comprar todos os tipos de lembranças. Está localizado dentro do estacionamento do Santuário Nacional.

Passarela da Fé – Com seus 389 metros de comprimento e 35 de altura, a passarela que une a Matriz Basílica e o Santuário Nacional é um marco de Aparecida. Inaugurada em 1972, é ponto de visitação obrigatório na cidade.

Feira Livre – Localizada nos arredores do Santuário Nacional, a Feira de Aparecida é um atrativo à parte na cidade, onde se pode encontrar de tudo um pouco, de artigos religiosos a lembranças do município.

Presépio – Localizado ao lado do Estacionamento do Santuário Nacional, abriga esculturas que reproduzem importantes fatos histórico-religiosos do nascimento de Jesus Cristo e outras representações, como o encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas.

Mirante da Santa – Localizado no alto do morro da Rua Antônio Bittencourt da Costa, com 17,6 metros de altura, é o maior monumento dedicado à Nossa Senhora Aparecida em todo o mundo.