Há inscrições abertas em evento(s) para este destino! Inscreva-se!

Estrada da Graciosa

A Estrada da Graciosa é localizada na mancha de mata atlântica brasileira mais intocada, uma linda via, delicadamente jardinada com muita história para contar.

Esta estrada já foi eleita uma das dez mais bonitas do Brasil. Em estado de conservação invejável, repleta de visitantes, com florestas que parecem jardins de tão bem cuidadas e uma decoração natural por todo o trajeto, a descida da Estrada da Graciosa é um passeio imperdível. É possível fazer em um único dia e deliciar-se com um banho de cachoeira durante o trajeto e um delicioso banho de rio no final, chegando em Morretes. O local possui piso de paralelepípedos bem calçados e asfalto, alternando durante todo o trajeto, e quase não há subidas, tornando-se uma altrenativa muito viável até mesmo para os mais preguiçosos. O roteiro mais completo possível é saindo da capital do estado, Curitiba, e pedalando até a cidade de Morretes, mas é possível partir do Portal da Graciosa, localizado no meio da rodovia (consulte nossas opções!).

  • Trecho urbano (Curitiba) - 40km

Saindo da rodoviária de Curitiba, pedale pelas ciclovias da cidade conhecida como a capital brasileira da Mobilidade, em alguns momentos paralelo aos trilhos da centenária estrada de ferro paranaense até a Rodovia da Graciosa. É um pedal gostoso, com topografia fácil e uma sensação boa em meio a casas de estilo arquitetônico muito atraente e muitas araucárias.

  • Trecho Urbano 2 (Quatro Barras) - 20km

Na opção pelo roteiro completo, é inevitável pegar o trecho rodoviário de Quatro Barras, aonde se dá o acesso ao Portal da Graciosa. A estrada é bonita, com paisagem bucólica e muitas casinhas pelo caminho.

  • Trecho de Serra (Estrada da Graciosa) - 37km

Motivo de trazer os turistas para o Paraná de todo o Brasil, a Estrada da Graciosa tem infraestrutura excelente, com banheiros e estandes de comida típica (recomendadíssima) pelo caminho. Também há a Cachoeira da Graciosa onde é possível tomar um banho. Após a descida, chega-se à cidade de Morretes, um deslumbre à parte

  • Trecho Urbano 3 (Morretes) - 2km

Passear pela cidade histórica de Morretes e provar o Barreado, prato típico do local trazido por portugueses, ou tomar um banho de rio! É lá que fica a estação final do Expresso Turístico que faz um imperdível passeio guiado de trem contando toda a história do Brasil sob a perspectiva daquela ferrovia. 

 

  • de 37 a 97 km
  • 1 a 3 dias
  • VÍDEO
  • Dificuldade: iniciante, intermediario

Alimentação

Refeição

Praticidade na reserva de suas refeições com a Pediverde! Consulte para incluir no seu roteiro personalizado!

Roteirização personalizada

Monte o roteiro com as atividades e pontos turísticos que mais lhe agradam deste destino!

Carta de navegação

Não quer guias pedalando com você? Peça uma carta de navegação para seu roteiro presonalizado e tenha toda a autonomia neste destino!

Reservas de passagens aéreas

Não se preocupe com a burocracia para viajar de avião. Consulte opção de reserva par este destino em seu roteiro personalizado!

Outros

Aluguel de bicicletas e capacetes

Consulte opção de aluguel de bicicletas e capacetes para incluir no seu roteiro personalizado!

Carro de apoio

Consulte opção de carro de apoio para incluir no seu roteiro personalizado!

Fretamento de ônibus

Consulte opção de fretamento de ônibus para incluir no seu roteiro personalizado!

Fretamento de van

Consulte opção de fretamento de van para incluir no seu roteiro personalizado!

O que levar

Itens Obrigatórios

  • Câmera reserva
  • Capacete
  • Óculos protetor ou escuro

Opcional

  • Protetor solar
  • Repelente
  • Roupa confortável
  • Capa de chuva
  • Calçados fáceis de tirar para entrar na cachoeira
  • Meias reservas
  • Casaco
  • Dinheiro em espécie para experimentar as delícias locais

Dicas Úteis

  • Leve repelente!
  • Apesar de ser no sul, o local pode ser muito quente, então protetor solar é uma ótima ideia
  • O trajeto tem descidas muito gostosas, aproveite, mas cheque bem seus freios
  • Há opção de percorrer um trecho antigo de 4 km de terra batida, que comporta pneus slick mais grossos, ou por asfalto
  • Leve dinheiro em espécie para provar a coxinha de aipim ao longo da descida, nos quiosques.