Há inscrições abertas em evento(s) para este destino! Inscreva-se!

Serra da Cantareira

A maior floresta urbana do mundo reserva muitas surpresas para quem gosta de pedalar em meio à natureza!

A Serra da Cantareira é uma formação geológica que divide, ao norte, a cidade de São Paulo e Mairiporã. Sua formação vegetal é de mata atlântica, a mata de maior biodiversidade no planeta, e é lá que nascem os rios que desaguam no Rio Tietê, maior do estado de SP, pela margem direita do leito. A Serra da Cantareira é dividida em quatro núcleo: Pedra Grande, Águas Claras, Cabuçu e Engordador, cada um com suas peculiaridades. Em 1994, a área foi declarada parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da cidade de São Paulo pela UNESCO, e a região propicia diversos roteiros saindo da cidade de São Paulo, para todos os gostos!

Núcleo Pedra Grande (cerca de 25km)

O Núcleo Pedra Grande é o mais próximo do centro de São Paulo. Localizado no extremo leste da Cantareira, ao norte do Horto Florestal, integra o Parque Estadual da Cantareira e possui bicicletário na entrada. A partir da entrada, o grande barato é fazer a caminhada de 4,5km até o topo de uma pedra que batiza o local, de onde se pode avistar toda a cidade de São Paulo. Um passeio para fazer em meio período com tranquilidade.

Núcleo do Engordador (cerca de 30km)

O Núcleo do Engordador, no extremo oeste do Parque Estadual da Cantareira, é um parque com estrutura para pic-nic, trilha com cachoeira de 2km, trilha de mountain bike de 4km para iniciantes e fica próxmo à cidade de São Paulo, tornando-se uma opção para quem quer começar a aprender de tudo um pouco. O local era onde o gado era engordado, por isso o nome engraçado. 

Pedreira DIB (40km)

Uma pedreira abandonada tornou-se referência na prática de escalada e rapel, dada suas enormes rochas aparentes com mais de 90 metros de altura! A pedalada é muito agradável, em meio à mata atlântica, com algumas subidas, para chegar ao topo da pedreira. Também há a opção de chegar por baixo ou pelo meio, e recomendamos um pic-nic lá em cima!

Circuito Roseiras - Santa Inês (55km)

O circuito das roseiras é um desafio de 55km em formato circular, por asfalto, ou seja, você sai e chega ao mesmo ponto. Indicado para ciclistas experientes, reserva subidas desafiadoras para cruzar a Cantareira até o outro lado (Mairiporã) e retornar à capital.

O que levar

Itens Obrigatórios

- Capacete

- Óculos escuros ou transparentes

- Câmera reserva

Opcional

- Protetor Solar

- Repelente

- Capa de Chuva

- Máquina Fotográfica

Dicas Úteis

- Leve uma máquina fotográfica para registrar a vista da cidade na Pedra Grande ou a Pedreira DIB, que são lindas!

- Leve alimentos, pois a oferta de comida na região não é das mais variadas;

- O clima é muito instável, portanto garanta com protetor solar e capa de chuva. 

- Ladeiras enormes exigem cuidado redobrado, principalmente devido à algumas lombadas no caminho para Mairiporã.